Amanda Simeão é convocada para as olimpíadas, depois de entrar com uma ação na justiça por fraude

Amanda Simeão é convocada para as olimpíadas, agora ela faz parte da seleção brasileira de esgrima, nessa quinta-feira (02), a esgrimista completa 22 anos e um dia antes recebe o melhor presente desse aniversário, ela foi convocada para a seleção, para substituir a atleta Emese Takács, mas isso só aconteceu porque Amanda Simeão correu atrás disso para poder mostrar a fraude que estava acontecendo dentro da seleção de esgrima brasileira.

Amanda Simeão é convocada para as olimpíadas

Amanda Simeão é convocada para as olimpíadas

Entenda um pouco sobre a atleta Amanda Simeão ser convocada para as olimpíadas

Amanda trabalhou durante os últimos 9 anos para poder conseguir essa convocação e achou injusto colocar uma Húngara no seu lugar, Amanda entrou com um processo na 5º Vara Federal de Curitiba, alegando fraude na naturalização de Emese Takács, a atleta brasileira diz que enxerga um pouco de egoísmo da parte dos atletas de outra nacionalidade que buscam a nacionalidade brasileira para poder participar das competições. Amanda Simeão alega algumas irregularidades referente ao pedido de nacionalidade da atleta Emese Takács, como: o tempo mínimo necessário que a atleta precisa estar no Brasil, a suspeita que o casamento da atleta que mantém no Brasil seja fraudulento, já que tem um relacionamento serio no país de origem e a atleta não consegue falar e nem entender o português corretamente. Emese Takács entrou com um recurso, mas Amanda e o seu treinador acreditam que a atleta Húngara não ira conseguir.

Conhecendo a atleta Amanda Simeão que foi convocada para as olimpíadas

Amanda Simeão treina esgrima desde os 13 anos, e sempre teve o apoio da sua família, que sempre acreditou nela e no seu sonho, realizando altos investimentos financeiros, em 2010 Amanda foi morar e treinar em Paris e recebeu treinamentos do famoso técnico francês Daniel Levavasseur. A atleta foi medalha de bronze no Pan-Americano de 2015, em 2014 recebeu uma medalha de ouro no Sul-americano de Santiago e tricampeã brasileira nos anos de 2012, 2013 e 2014, essas conquistas de Amanda foram em equipe, a atleta de esgrima ainda é oitava colocada no mundial cadete de 2011, ela ainda é nova, mas disputar as olimpíadas vai ser um sonho se realizando.