Atletas que fizeram “estágio” nas olimpíadas de Londres ganharam medalha olímpica

Nas olimpíadas de Londres, que aconteceu em 2012 alguns atletas que eram considerados promessas para olimpíadas do Brasil foram para Londres, mesmo sem vaga na sua modalidade, para poder participar dos jogos, mas não competindo, sim vivenciando os momentos, vendo as competições, indo na vila olímpica, enfim analisando cada momento e conseguindo ter essa experiência de como é participar de uma olimpíada.

Atletas que fizeram estagio nas olimpiadas de Londres ganharam medalha olimpica

Atletas que fizeram estagio nas olimpíadas de Londres ganharam medalha olímpica

Conheça os atletas que participaram dessa “vivência olímpica”

Foram 16 atletas escolhidos para poder fazer esse “estagio” entre eles estavam Thiago Braz; ouro no saldo com vara do atletismo, Martine Grael; ouro na vela, Isaquias Queiroz; que teve duas pratas e um bronze na canoagem e Felipe Wu, prata no tiro esportivo, teve atletas que infelizmente não levaram a medalha olímpica, mas tiveram boas colocações na competição, como Rebeca Andrade, da ginástica, ficando em quarto lugar na prova individual, Hugo Calderano que foi até as oitavas de final no tênis e Hugo Hoyama que teve a melhor participação do tênis dos brasileiros.

“Estagiários” para 2020, em Tóquio

E não seria diferente com as olimpíadas de Tóquio, que vão acontecer em 2020, alguns estagiários já estavam aqui no Rio de Janeiro apenas de olho em tudo para se prepararem para 2020, afinal são quatro anos de muito trabalho. Foram escolhidos 20 jovens atletas para estar no Brasil acompanhando tudo, a modalidade que vão participar, como é o convívio na vila olímpica, os treinos e tudo que pode acompanhar. Uma grande aposta é em Duda Lisboa, que é jogadora de vôlei de praia, que foi campeão dos Jogos Olímpicos da Juventude de 2014 com Ana Patrícia, que também está no projeto.
Veja a relação completa dos participantes que estavam presente e realizaram esse projeto:
Beatriz Iasmin Soares Ferreira (boxe), Emily Rosa Figueiredo (levantamento de peso), Joílson de Brito Ramos Júnior (luta greco-romana), Maria Paula Mangabeira Heitmann (natação), Marcelo da Silva Costa Filho (tiro com arco) e Gabriel Bastos Pereira (vela), Andrea Santos de Oliveira (canoagem velocidade), Anderson Ezequiel de Souza Filho (ciclismo BMX), Gabriela Paczko Bozko Cecchini (esgrima), Ângelo Dias de Assumpção e Thaís Fidélis dos Santos (ginástica artística), Nathália Castelan Brigida e Rafael Godoy de Macedo (judô), Felipe Ribeiro de Souza (natação), Edival Marques Quirino Pontes (taekwondo), Manoel Messias dos Santos Júnior (triatlo) e Duda Lisboa e Ana Patrícia Silva Ramos (vôlei de praia).
Vamos torcer para eles nas olimpíadas de Tóquio e assim trazer muito orgulho para o Brasil.