Blima, uma medalha de ouro para o nosso Brasil

Quando se fala em Olimpíadas logo pensamos nos atletas que estão representando cada país presente nesse grande evento, mas muitas vezes nos esquecemos de olhar ao nosso redor, do tanto de heróis e talentos que estão presentes em nosso dia a dia e aqui em nossa página do facebook fomos surpreendidos por um grande talento, Blima, uma artista plástica brasileira que postou um de seus quadros para que todos tivessem a sorte de admirar essa grande beleza. Seria muito “injusto” se a gente não postasse essa grande arte dela, pois ela é uma artista e merece o nosso respeito e divulgação, qualquer trabalho feito com a alma é digno de admiração. Muitas vezes vivemos procurando astros somente pela tv, quando nos esquecemos que nosso astro pode estar em casa, pode estar na vizinhança, pode estar na escola. Deixamos aqui nossos Parabéns para a Blima e ficamos felizes em divulgar esse excelente trabalho dela.

 

Blima é artista plástica brasileira, radicada nos Estados Unidos onde vive ha 24 anos. Influenciada por seu pai, também artista por natureza, ela percebeu desde cedo seu dom e sua paixão pela arte. Hoje, suas pinturas são o produto direto de anos de experiência com materiais e estilos diversificados. Blima é contadora de histórias, e varias de suas obras possuem uma para contar. Essas histórias estão intrincadas em suas telas através de sua paleta multicolorida. Ela gosta de trabalhar com seu subconsciente, permitindo que ele a oriente em uma viagem profunda – da sua mente para a tela.

Seus objetivos para o futuro são realmente muito simples. Ela quer criar arte pelo simples prazer que a traz, e ela quer que todos possam enxergar a vida da mesma maneira que ela vê, com a simplicidade e inocência em tudo o que é belo.

 

Declaração da Artista

 

Arte para mim é uma expressão de pensamentos e opiniões sendo cuidadosamente redigidas sobre o papiro de uma tela. Minhas obras, sejam elas de absoluta e concreta natureza, ou totalmente surreais, estão sempre contando uma historia, além de serem agradáveis aos olhos alheios, espero. Cada rosto, estrutura ou imagem, sejam eles animados ou não, estão relatando a sua própria parte do romance artístico em geral. Eles são um conjunto de símbolos, que quando são postos juntos, se tornam o capítulo e versículo para que todos possam ler. Meu pincel se tornou minha caneta, minha tinta plástica, a minha tinta esferográfica, e minha tela o meu papel. A minha esperança é que um dia, pessoas dessa geração e as que estão por vir, possam parar e observar minhas obras, e por fim sorrirem quando vierem a entender o que eu estava tentando transmitir.

 

Acontecimentos recentes

 

Blima ganhou o premio de melhor artista figurativa no “Brazilian Visual Press Awards” que aconteceu em Maio deste ano, no Broward Center for the Perfoming Arts,

Participou na semana do Art Basel Miami, no show “Spectrum”,..

Deu uma entrevista para o programa da TV Globo “Como Será”, falando sobre a imagem de um de seus quadros (Universo Submerso) que foi  digitalizada pela NASA, e que estará indo literalmente para o espaço dentro de uma espaçonave chamada Osíris-Rex Mission, ate o asteróide Bennu…mas ai e outra historia… J

Vai agora participar do “ArtBrazil”, em uma coletiva de Artistas Plásticos brasileiros,  e ao mesmo tempo do projeto “Arte Que Salva”, uma organização sem fins lucrativos, onde telas pintadas por crianças que vivem em absoluta pobreza são combinadas e terminadas por artistas plásticos vindos de varias regiões do mundo. Essas telas serão leiloadas e 100% do arrecadado, voltará para essas crianças.

 

Blima, uma medalha de ouro para o nosso Brasil

Blima, uma medalha de ouro para o nosso Brasil

 

A tela que eu pintei intitulada “Beleza Esplendida”, foi feita para a expo ArtBrazil 2015, na semana da Independência do Brasil, que aconteceu aqui na Florida, no Artserve- Fort Lauderdale. Eu quis retratar exatamente o que o Rio De Janeiro tem de melhor, através do corpo de uma mulher, mais especificamente de uma mulher brasileira. Seus olhos representando nosso coco verde; sua sobrancelha, o símbolo da Apoteose; seu nariz, nossos guarda-sóis; sua boca, uma caneta de pena escrevendo uma estrofe do nosso Hino Nacional Brasileiro, em um papel que também simboliza a asa delta, um esporte típico do Rio de Janeiro (o bico de pena também simbolizando a libertação da escravatura). O cabelo da mulata se transforma nas calcadas de Copacabana; seu colar, as favelas e também nossas pedras semi preciosas; seu pescoço, o Arco da Lapa. e assim vai….

Eu tentei retratar o máximo que pude sobre o Rio de Janeiro de uma maneira harmoniosa e agradável de se admirar!

 

Os trabalhos de Blima podem ser encontrados e adquiridos através do website dela: blima-Efraim.pixels.com, ou através da pagina dela do Facebook Blima Efraim Artist.