Vagas para o Boxe nas olimpíadas 2016

Uma das modalidades mais disputadas e que tem mais atleta é o boxe e por isso que as Vagas para o Boxe nas olimpíadas 2016 são disputadas por diversos atletas, como o boxe são diversas categorias, pois cada atleta vai se enquadrando no peso que pretende disputar são mais oportunidades para os atletas. As categorias do boxe são as seguintes:
Masculino
De 46 a 49kg
Até 52kg
Até 56kg
Até 60kg
Até 64kg
Até 69kg
Até 75kg
Até 81kg
Até 91kg
Acima de 91kg
Feminino
De 48kg a 51kg
De 57kg a 60kg
De 69kg a 75kg

Vagas para o Boxe nas olimpíadas 2016

Vagas para o Boxe nas olimpíadas 2016

Vagas para o Boxe nas olimpíadas 2016, vagas preenchidas

Na categoria feminina ainda não tem nenhuma atleta conhecida, essas vagas vão ser preenchidas no Mundial Feminino de Astana e Pré-olímpicos África, Américas, Ásia e Oceania e Europa. Já na parte masculina alguns atletas já foram decididos e são os seguintes:
De 46 a 49kg: Patrick Barnes (Irlanda), Joahnys Argilagos (Cuba), Vasilii Egorov (Rússia), Lyu Bin (China) e Birzhan Zhakypov (Cazaquistão)
Até 52kg: Yosbany Veitia Soto (Cuba), Elvin Mamishzada (Azerbaijão), Jeyvier Jesus Cintron Ocasio (Porto Rico), Misha Aloian (Rússia), Elias Eliseo Emigdio Abarca (México) e Achraf Kharroubi (Marrocos)
Até 56kg: Vladimir Nikitin (Rússia), Murodjon Akhmadaliev (Uzbequistão),
Dzmitry Asanau (Belarus), Michael John Conlan (Irlanda), Andy Cruz Gomez (Cuba), Khedafi Djelkhir (França) e Zhang Jiawei (China)
Até 60kg: Lazaro Jorge Alvarez Estrada (Cuba), Hurshid Tojibaev (Uzbequistão), Albert Selimov (Azerbaijão), Robson Conceição (Brasil), Berik Abdrakhmanov (Cazaquistão), Adlan Abdurashidov (Rússia) e Carlos Zenon Balderas Jr. (Estados Unidos)
Até 64kg: Yasnier Toledo Lopez (Cuba), Fazzlidin Gaibnazarov (Uzbequistão), Vitaly Dunaytsev (Rússia), Wuttichai Masuk (Tailândia), Raul Curiel Garcia (México), Abdelkader Chadi (Argélia) e Artem Harutyunyan (Alemanha)
Até 69kg: Mohammed Rabii (Marrocos), Daniyar Yeleussinov (Cazaquistão), Liu Wei (China), Parviz Baghirov (Azerbaijão), Steven Gerard Donnely (Irlanda), Onur Sipal (Turquia) e Andrey Zamkovoy (Rússia)
Até 75kg: Artem Chebotarev (Rússia), Bektemir Melikuziev (Uzbequistão), Hosam Abdin (Egito),
Arlen Lopez Cardona (Cuba), Ilyas Abbadi (Argélia), Tomasz Jablonski (Polônia) e Adem Kilicci (Turquia)
Até 81kg: Mandfredonia Valentino (Itália), Joseph Ward (Irlanda) e Julio Cesar La Cruz Peraza (Cuba), Mathieu Bauderlique (França), Ehsan Rouzbahani (Irã) e Hrvoje Sep (Croácia)
Até 91kg: Vassiliy Levit (Cazaquistão), Evgeny Tishchenko (Rússia), David Graf (Alemanha) e Clemente Russo (Itália)
+91kg: Filip Hrgovic (Croácia), Tony Yoka (França), Mihai Nistor (Romênia) e Erik Pfeifer (Alemanha)
O Brasil tem 5 vagas e ainda não decidiu quais atletas vão.